Jornal O Diário

Segunda-Feira, 22 de Setembro de 2014

Última atualização:07:23:14 AM GMT

Você está no canal: POLÍCIA

POLÍCIA

Blitz flagra motoristas alcoolizados



O Programa Direção Segura - ação coordenada pelo Departamento de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) para a prevenção e redução de acidentes e mortes no trânsito causados pelo consumo de álcool combinado com direção - flagrou 10 pessoas conduzindo veículos sob efeito de álcool em Mogi das Cruzes.

As operações aconteceram entre a noite de anteontem e a madrugada de ontem em dois pontos: na Avenida Francisco Rodrigues Filho, em frente à casa noturna Rancho Vacaloca, e na Avenida Carlos Barattino, nas proximidades da Faculdade de Tecnologia (Fatec). No total, 167 testes do etilômetro (conhecidos por bafômetro) foram aplicados.

Os 10 condutores autuados por embriaguez ao volante terão de pagar multa no valor de R$ 1.915,40 e vão responder administrativamente junto ao Detran.SP para a suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

Três dos motoristas flagrados, além de receberem essas penalidades, responderão na Justiça por crime de trânsito. Eles apresentaram índice a partir de 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido no teste do etilômetro. Se condenados, esses condutores podem cumprir de seis meses a três anos de prisão, conforme prevê a nova Lei Seca, também conhecida como “Tolerância Zero”.


Ação Integrada

Lançado no Carnaval de 2013, o Programa Direção Segura integra equipes do Detran.SP, das Polícias Militar, Civil e Técnico-Científica, e do Corpo de Bombeiros. O objetivo é reduzir o número de acidentes e mortes no trânsito, conscientizando a sociedade sobre os perigos da combinação entre álcool e direção.

Desde o lançamento, segundo a assessoria do Detran.SP, houve a aplicação de 21.423 testes de etilômetro no Estado. Ao todo, 2.163  pessoas foram autuadas por embriaguez ao volante. Dessas, 381 cometeram crime de trânsito.

Pela nova Lei Seca (12.760/2012), todos os motoristas flagrados em fiscalizações têm direito a ampla defesa, até que a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) seja efetivamente suspensa. Se o condutor voltar a cometer a mesma infração durante o processo administrativo, o valor da multa será dobrado.


Suspensões

Em Mogi das Cruzes, 3.381 motoristas foram notificados por terem atingido os 20 pontos suficientes para dar início a um processo de suspensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), entre janeiro e setembro do ano passado, ou por terem cometido uma das infrações automaticamente suspensivas durante o mesmo período, segundo dados divulgados nesse ano pelo Detran. O número é 7,3% maior do que o registrado durante o mesmo período de 2012, com 3.150 ocorrências.

Menino sofre ataque de cão na P. Grande



Um menino de apenas 9 anos teve as suas pernas dilaceradas, ontem (15), por volta das 15 horas, ao ser atacado por um cão rottweiler, na loja Água Viva Piscinas e Comércio de Pedras, localizada na Avenida Lothar Waldemar Hoehne, na frente do Clube Vila Santista, no Bairro da Ponte Grande.

Um cliente, não identificado, interveio e salvou o garoto. A criança, cuja identidade não pode ser divulgada, foi medicada por uma equipe do Samu e socorrida ao Hospital Luzia de Pinho Melo, no Bairro do Mogilar, onde permanecia internada no começo da noite de ontem.

Os cabos Nilson e Lima, da 1ª Companhia, do 17º BPM/M, atenderam a ocorrência. No estabelecimento, a equipe descobriu que o garoto entrou sem autorização na loja e se dirigiu ao canil. Ele abriu uma das portas, a qual era fechada apenas por um trinco. 

O cachorro atacou o estudante. Segundo consta no Boletim de Ocorrência, elaborado pelo escrivão Adilson Martins Ferreira, a pedido do delegado César Donizete Benedicto, titular em exercício, do 3º Distrito Policial, em César de Souza, o garoto já vinha provocando o cão todas as noites através do portão. Ele reside com a família nas proximidades da loja.

O comerciante  José Pereira, proprietário da Água Viva, acompanhou os pms até a Delegacia. O escrivão chefe Alexandre Fernandes disse que será feito um Termo Circunstanciado sobre o caso, o qual será encaminhado à Justiça. A mãe do menor estava no serviço quando ocorreu o ataque. Ela não compareceu na Delegacia. (Laércio Ribeiro)

Mogi lidera furto de cabos telefônicos



Em 9 meses deste ano, de janeiro até ontem (13), a Polícia Civil de Mogi das Cruzes e na Região do Alto Tietê registrou 748 ocorrências relacionadas a furtos de cabos telefônicos. Para se ter uma ideia, Mogi foi a cidade onde mais se praticou furtos do gênero - 255, seguida de Suzano - 235, Ferraz de Vasconcelos - 132, Itaquaquecetuba - 110, Poá - 12 , e Salesópolis 4. Nos municípios de Biritiba Mirim e Guararema nenhum caso foi registrado neste período.

A estatística foi divulgada nesta semana pelo seccional Marcos Batalha. Ele afirmou ainda que a Polícia Civil elaborou neste ano 4 autos de prisão em flagrante de furtos de cabos telefônicos.

“Nós estamos intensificando o combate aos ladrões de cabos em nossa Região”, garante a autoridade. Cita que  em 13 de agosto último, equipe do SIG (Setor de Investigações Gerais) apreendeu 700 quilos de fios em uma empresa, no Distrito de Jundiapeba. (Laércio Ribeiro)

Leia a matéria completa a edição impressa

Página 1 de 228